A reinvenção do cabelo molhado


São tempos de ressignificação no universo da beleza. Características que outrora simbolizavam desleixo ou descuido, estéticas que eram ditas ultrapassadas, produtos que beiravam ao consumo depreciados. Tudo reinventado, tudo ressignificado, desde o básico – desde o cabelo molhado saído do banho. Sim, o cabelo molhado é, agora, uma tendência. E chama-se Wet Hair. Mas, engana-se quem acredita piamente nos fios molhados. A estética “after shower”, ou “saí do banho agora”, é proposital e é obtida, principalmente, através do uso do gel, que, até então, estava desacreditado e restrito ao universo masculino. Também podem ser utilizados produtos como cremes sem enxágue, pomadas, glicerinas e sprays: o importante é garantir um visual que dure a noite inteira. Sim, noite. A tendência se torna mais interessante quando combinada com looks de moda festa e com maquiagens bem iluminadas. Nessas ocasiões, a dica é pentear os cabelos para trás, de maneira a formar um topete pequeno na parte frontal, concentrando maior quantidade de produto entre a franja e a nuca; e deixar as madeixas caírem soltas nas costas. Não, não recomenda-se prender os cabelos: os fios molhados, quando presos em coques ou rabos de cavalo, podem ser danificados com muita facilidade. Também não é recomendado o uso de grandes volumes no topete, pois vale lembrar que os fios estarão pesados e úmidos. E, por fim, o último “não” deve ser regra para aquelas que desejarem adotar a tendência: o cabelo deve estar úmido, e não encharcado. Uma opção para aquelas que querem usar do visual mas fugir ao aspecto molhado é a Sleek Hair, um desdobramento da tendência que, como o próprio nome sugere, apresenta madeixas mais lustrosas do que úmidas. A Sleek Hair também pode ser apresentada com topetes de pouco volume e com fios penteados para trás, além de ser possível dividir o cabelo ao meio. O penteado está sempre presente em premiações é o “queridinho” de celebridades como Rosie Huntington-Whiteley, Hayden Panettiere e as irmãs Bella Hadid e Gigi Hadid; e as também irmãs Kim Kardashian e Kendall Jenner.

A reinvenção do cabelo molhado não surge dissociada de outras ressignificações. De maneira rápida, podemos citar os cabelos acinzentados que foram dos vovôs e vovós para as blogueiras e fashionistas (Granny Hair); os penteados estilo “podrinho”, com coques de fios soltos e aspecto bagunçado, que saíram da moda rua para o tapete vermelho (Messy Bun); ou as maquiagens com cores metalizadas e muito glitter (Glitter Strobing), que saíram da purpurina do carnaval para, estratosfericamente, alavancarem audiências no Instagram. E estes são só alguns exemplos. Assim, os cabelos molhados são parte do novo universo da beleza que reinventa estéticas, comportamentos e produtos. Nesse sentido, a tendência Wet Hair alinha-se com o novo momento de leitura e releitura da beleza, que começa desde o mais básico – o cabelo saído do banho.

Imagens: capa: quadro superior esquerdo: intothegloss.com; quadro superior direito: folica.com; quadro inferior direito: thefrontrowview.com; sleek hair: Bella Hadid: latestplasticsurgery.com; Rosie Huntington-Whiteley: peoplegreece.com; Hayden Panettiere: popsugar.com.au; e Kendall Jenner: hairdrome.com.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Inês Beauty. Proudly created with Wix.com