2017 e o mundo da maquiagem: mulheres hedonistas ou escapistas?


O ano começa polarizado para o mundo da maquiagem. De um lado, as peles de efeito natural e maquiagens minimalistas; do outro, os excessos de uma produção mais artística e mais conceitual. No meio, uma questão de comportamento: 2017 será um ano de hedonismo ou escapismo? Vamos do começo. As maquiagens leves e com efeito natural estão relacionadas com os novos parâmetros da vida pós-moderna. Busca-se, agora mais do que em outras épocas, o descomplicar de tarefas em virtude do aproveitamento das horas livres. Isto implica dizer que, nesse novo lifestyle (estilo de vida), chamado por alguns especialistas comportamentais de “easy living”, estamos procurando despender menos tempo com as tarefas do cotidiano para ter mais tempo para nos dedicar ao que amamos, aos nossos interesses, aos nossos familiares, aos nossos amigos. Seguindo esse lifestyle, e combinando-o com um certo charme boêmio, o mundo dos cosméticos passou a oferecer inúmeras opções para um efeito au naturale. Corretivos, batons matte, primers e blushs especiais para garantir a naturalidade da beleza da mulher já estão circulando no mercado há meses. Outra tendência que se soma ao cenário é o estilo pós-treino de cabelos molhados (efeito sleek) e toques luminosos. O estilo, que apresenta um aparente descomprometimento com a estética, também oferece possibilidades de criação ao comportamento easy living. Se, em um hemisfério prepondera o hedonismo das maquiagens minimalistas, no outro há um convidativo escapismo. A fuga da realidade, o escapar dos problemas, foi sempre um recurso explorado pela indústria da beleza em tempos de crise. Quando os cenários parecem pouco otimistas, criam-se e se recriam as possibilidades do sonho, do devaneio, do glamour. Nesse sentido, a tendência glitter strobing oferece sonho e glamour ao trocar o tradicional iluminador por uma boa quantidade de glitter metálico ou colorido. Como um todo, aliás, a maquiagem começa a explorar cores excêntricas, especialmente para olhos e bocas. Os olhos podem ganhar mais ousadia, inspirados pela arte tribal de outrora, com sombras em tons de laranja, pêssego, branco, azul e verde. Existem, também, tons terrosos que podem ser combinados com blushs marcantes e lábios extravagantes. Os lábios, aliás, merecem destaque neste começo de ano. As cores escuras que se tem visto até o momento tendem a ser substituídas, leve e gradualmente, por cores extravagantes e cheias de impacto. Tons de amora e de cereja; tons metalizados e cintilantes; dourados, prateados e acobreados; tons de coral e de papaia; e muito, muito brilho. Durante o ano não faltarão opções nada discretas, mas, vale lembrar que deve haver uma dosagem: quando a intenção for destacar os lábios, faz-se interessante o uso de sombras neutras e olhos sem esfumaçado, apenas com rímel. Assim, a mulher de 2017 pode ser o que ela quiser: hedonista ou escapista, ou hedonista e escapista. Ela tem e terá ao seu dispor uma enorme gama de opções no mundo da maquiagem para se fazer valer. Ela pode transitar através das estéticas, do estilos e das tendências - e pode adotar desde peles com efeito au naturale, passando por olhos excêntricos, batons extravagantes e blushs marcantes, até o molhado estilo pós-treino. A mulher de 2017 é, e será, quem quiser ser.

Para saber mais sobre tendências e apostas para 2017, continue visitando nosso blog!

Imagens: quadros superiores: harpersbazaar.com; quadro inferior: imgrum.net.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags