O clássico consagrado


Em temporadas passadas, ele era apenas uma tendência. Neste ano, ele tornou-se um clássico consagrado – e deixou sua marca na história da beleza. Estamos falando do Long Bob, o corte “queridinho” das brasileiras.

A escalada ao topo da lista dos cortes mais pedidos em milhares de salões de beleza no país não foi fácil, mas os motivos são óbvios: ele é versátil, democrático e de fácil manutenção. O corte Long Bob não exige um acabamento sofisticado, nem tampouco investimento em produtos de alta performance para o cabelo e nem mesmo se restringe apenas a um ou outro formato de rosto. Ele pode ter um efeito “bagunçadinho”, como também pode ser comportado e tradicionalista; ele compõe estéticas sempre interessantes independentemente da textura e da cor dos fios; e não toma horas e horas em frente ao espelho.

Se você não conheceu ou reconheceu o Long Bob ainda, vale lembrar que o corte é caracterizado por deixar a parte frontal das madeixas sutilmente mais comprida do que a parte da nuca. Podemos entendê-lo como uma releitura contemporânea do corte Chanel, que, em seu auge, ditou a beleza dos cabelos de uma época inteira. Entretanto, agora, sem ser radical demais, o Long Bob sugere um comprimento mediano, que pode começar na altura dos ombros ou logo acima deles.

Essa reinterpretação também permite uma grande variedade de combinações: com ou sem franja, com efeito ondulado, chapado ou amassado, com fios coloridos ou monocromáticos, com mechas texturizadas ou acabamentos retos, com bases geométricas ou escovas volumosas, em fios crespos ou em fios lisos. O Long Bob evoca um universo de possibilidades. E isto o ajudou a se disseminar entre as celebridades e a se consagrar em nosso país.

Entre as grandes figuras que adotaram o corte ao longo dos últimos anos estão nomes importantes da beleza, do entretenimento, da música e da moda. Para lá da linha do Equador: Beyoncé, Kim Kardashian, Jennifer Lawrence, Reese Whiterspoon, Jessica Alba, Lily Collins e Alexa Chung; do lado de cá: Deborah Secco, Grazi Massafera, Giovanna Ewbank, Isis Valverde, Bruna Marquezine e Juliana Paes, entre tantas.

E a escalada ainda não terminou. Veremos o clássico consagrado ganhar ainda mais força entre as mulheres brasileiras no próximo ano. O site Beleza Extraordinária corrobora o corte como uma das principais referências para o começo de 2017 e acrescenta: “Isso porque o comprimento médio é a cara do verão, já que refresca e garante um toque bem leve em qualquer ocasião - além das ondas no estilo praiano, que são perfeitas para a temporada de calor.”

Assim, o corte Long Bob garantiu sua marca na história da beleza. Das madeixas do pop ao cabelo do dia a dia das brasileiras, sem grandes exigências, o corte abriu a possibilidade de renovar a estética feminina sem a necessidade de radicalizá-la. E, por isso, consagrou-se como um clássico. Para saber mais sobre este e outros cortes de cabelo, continue visitando nosso blog!

Imagens: Blog Se Arruma Menina - searrumamenina.com.br.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags