Véu de noiva


O mês de maio está quase no fim, mas antes de entrarmos em junho e partirmos para suas festas típicas, vamos falar sobre o mês das noivas. Incorporando a tradição do hemisfério norte – quando lá floresce a primavera – a cultura brasileira (e o comércio) tornou maio o mês consagrado para casamentos. E, por falar no “grande dia”, separamos algumas dicas para ajudar as noivas com um dos elementos mais importantes da cerimônia e de sua beleza: o véu.

Dica 01: escolha usar véu ou usar mantilha.

Optar entre véu ou mantilha pode não ser fácil. A mantilha, que consiste em um véu que recebe acabamento em bico de renda, bordado ou não, sempre chamará mais atenção. Por ser uma peça com uma estética mais tradicional, a mantilha pode ser direcionada para casamentos mais conservadores: aqueles que acontecem, como é de praxe, em grandes espaços simbólicos, como igrejas e catedrais, e à noite. Para a cerimônia durante o dia, a opção mais interessante é não carregar no acessório: um véu liso, com acabamento em viés ou debrum de cetim, ou mesmo sem acabamento, longo se o casamento ocorrer à tarde, curto se o casamento ocorrer no período da manhã.

Dica 02: cuidado para o véu não esconder sua beleza.

Levemente “beijando” os ombros da noiva. Eis a posição ideal que ajudará o fotógrafo a deixar a presença do véu registrada em seu álbum de casamento. Não se recomenda cobrir o colo com o véu, pois se perde parte da beleza e da expressividade do rosto da noiva – se for uma mantilha, o efeito “muito fechado” poderá criar um aspecto negativo, lembrando o semblante de imagens sacras.

Dica 03: tudo bem em esconder o penteado.

Há certa polêmica sobre a posição do véu, se este deve cobrir ou não o penteado. Muitos cabeleireiros acreditam que não, pois assim esconde-se o trabalho do penteado, mas nesses casos, enquanto a noiva percorre o trajeto até o altar, o véu torna-se “fechado” e “estreito”. Resultado: nas fotografias tiradas de frente o véu praticamente não aparece. O véu colocado sobre o penteado, além de estar presente nas fotografias da cerimônia, também auxilia na distribuição de seu peso, evitando com que, ao caminhar, a noiva pareça estar puxando o véu. A exceção é o véu curto (casamento matutino), que deverá ser preso logo abaixo do penteado.

Parece simples? Ainda há muitos detalhes que envolvem esse elemento tão significativo. Continue navegando em nosso site e encontre mais dicas sobre a beleza da noiva!

Imagens: acervo próprio.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle

Inês Beauty. Proudly created with Wix.com